TJAL entrega 10 computadores ao Núcleo Ressocializador da Capital

O desembargador Celyrio Adamastor, vice-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) e supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, entregou, nesta terça-feira (16), ao chefe do Núcleo Ressocializador, Elder Rodrigues, 10 computadores que contribuirão com a qualificação profissional dos reeducandos.

“Foi essa a maneira que o Tribunal de Justiça encontrou para participar da ressocialização do preso, já que é um pleito que não é de agora. Tenho certeza que farão bem o uso dessas máquinas, porque o sistema prisional tem diversos cursos. Eles [reeducandos] terão oportunidade de apresentar trabalhos”, ressaltou o desembargador Celyrio Adamastor.

O chefe do Núcleo Ressocializador, Elder Rodrigues, destacou que é de fundamental importância o recebimento dos computadores, uma vez que os apenados têm acesso ao ensino fundamental médio, superior e a cursos profissionalizantes. Ele acredita que as máquinas vão oportunizar o ingresso de mais reeducando ao ensino superior.

“Vamos reforçar nosso método de ressocialização com os nossos reeducandos que cursam faculdades à distância. Isso vai ser um marco importante, já que possuímos quatro computadores, e vamos passar agora a ter 14”, destacou Elder Rodrigues.

O juiz José Braga Neto, da 16ª Vara Criminal da Capital, ressaltou que, graças ao empenho do desembargador Celyrio Adamastor, os reeducandos estão tendo mais oportunidades de se ressocializar. “Notadamente aquelas pessoas que estão fazendo algum curso superior, de informática, vão poder utilizar os computadores”.

Ascom – 17/10/2018